Skip to main content

Os espaços exteriores estão repletos de coisas para observar, sons e muitos elementos para tocar e explorar. Passar tempo em espaços exteriores com o bebé pode não só ajudar no seu desenvolvimento, uma vez que estimula os seus sentidos, como também promover um gosto pela natureza para toda a vida.

As suas saídas com o bebé podem começar imediatamente. Muitos pediatras recomendammanter os recém-nascidos longe de lugares movimentados, onde os germes predominam. Mas desde que tome as devidas precauções, um passeio fora de casa é ótimo para todos, especialmente para os pais que estão cansados!

Quando é que o tempo está demasiado quente, frio ou húmido para sair de casa com o bebé?

Aqui estão algumas das melhores maneiras de se preparar para o calor do verão, o clima húmido ou frio, o vento ou a neve com o seu bebé.

Calor do verão: saia de manhã ou ao fim da tarde para evitar as temperaturas mais altas. Vista o bebé com roupas de algodão de cor clara e coloque-lhe um chapéu. Evite o sol direto e procure a sombra. Leve consigo um pulverizador de água para poder refrescar rapidamente. Claro que chapinhar na piscina,no lago ou no ribeiro com o seu bebé também é refrescante!

Clima húmido ou frio: Vista o seu bebé com várias camadas finas de roupa, um chapéu quente, luvas sem dedos e meias ou sapatos impermeáveis. Para garantir que o bebé não fica demasiadamente quente, coloque a mão diretamente sobre a pele por baixo da roupa e, se necessário, remova uma camada de roupa. A regra geral para bebés mais crescidos e crianças mais pequenas é usar mais uma camada de roupa do que um adulto usaria nas mesmas condições.

Vento: se lhe parecer que o bebé está desconfortável e não puder protegê-lo do vento, leve-o para um espaço interior.

Neve: os flocos de neve são mágicos, especialmente para um bebé. Compre ao bebé um fato de neve para ele não perder a diversão. Dica: procure em lojas de segunda mão –provavelmente foram usados poucas vezes.

Como posso proteger o meu bebé do sol?

O sol é nosso amigo: faz com que as plantas cresçam, mantém-nos quentes e ajuda-nos a ver o mundo que nos rodeia. Mas é verdade que a pele do bebé é especialmente sensível aos raios do sol.

Veja aqui algumas dicas para ajudar a proteger o seu bebé do sol:

  • Evite o sol durante a altura mais quente do dia entre as 11 e as 16 horas. Mantenha-se à sombra e lembre-se que a luz refletida também pode ser prejudicial. A água, a areia e a neve são três grandes elementos refletores, por isso esteja atenta ao que vos rodeia.
  • Vista as crianças com calças compridas e leves, camisolas de manga comprida e chapéus com aba que protejam o pescoço para prevenir as queimaduras solares.
  • Mesmo em dias nublados ou durante as viagens de carro, use sempre um protetor solar desenvolvido especialmente para bebés. Se o bebé tiver menos de 6 meses de idade, fale com o seu pediatra sobre o uso de protetores solares.

Mas a natureza é tão... suja!

Não tenha medo que o bebé se suje quando estiver em espaços exteriores. Um número crescente de investigadores acredita que a boa e antiga brincadeira na terra expõe as crianças a uma variedade de bactérias, vírus e micróbios que fortalecem o seu sistema imunológico. Bolos de lama, alguém quer?

Como distingo as plantas que são perigosas?

Fazer apitos de erva, comer amoras, soprar num dente-de-leão ao vento: a maioria das plantas e flores são peças deliciosas de uma infância ao ar livre.

Para as poucas plantas mais perigosas, veja abaixo algumas dicas:

  • Aprenda a identificar pelo aspeto o carvalho venenoso, o sumagre e a hera venenosa. Estas são as três plantas mais comuns cuja seiva, quando em contacto com a pele humana, provoca uma reação alérgica cutânea. A hera venenosa e o carvalho venenoso têm folhas verdes e brilhantes que crescem em grupos detrês em cada caule. Quando a criança for mais crescida, pode ensinar-lhe a rima «folhas de três, problemas antevês.»
  • Consulte o pediatra se achar que o bebé apresenta uma reação cutânea alérgica.
  • Os bebés exploram o seu mundo colocando praticamente tudo na boca. Mas algumas plantas são realmente venenosas se forem ingeridas.

Como mantenho os insetos afastados?

Nem todos os insetos são agradáveis como as joaninhas e as borboletas. No entanto, não deixe que os insetos vos impeçam de sair de casa.

Mosquitos: a melhor maneira de proteger contra os mosquitos é preveni-los. Os mosquitos reproduzem-se em águas paradas, por isso, remova todos os recipientes ou tape os locais de acumulação de água no espaço exterior

Além disso, apenas para sua informação, consulte o departamento de saúde pública local para descobrir a incidência de doenças transmitidas por mosquitos na sua região (por exemplo, dengue).

Carraças: as carraças vivem em ambientes quentes e húmidos, especialmente em áreas arborizadas ou com erva, pelo que deve evitar estes ambientes quando estiver com o bebé. Como medida de precaução, vista o bebé com roupa de cor clara de modo a que as carraças possam ser vistas mais facilmente. Verifique a pele e o cabelo do bebé antes de entrar em casa.

Lembre-se que a carraça do veado pode transmitir a doença de Lyme e é apenas do tamanho de uma semente de sésamo. Removaas carraças de forma adequada e consulte o pediatra.

Insetos que picam: as abelhas, vespas e outros insetos que picam não atacam a menos que sejam provocados, mas os bebés poder ão incomodar algum sem querer. Se o seu bebé for picado, provavelmente ficará com alguma dor e inchaço, que diminuirão no espaço de poucas horas. É importante remover o ferrão – utilize um cartão multibanco ou a unha para raspar delicadamente, retirando-o na horizontal. Em seguida, molhe um pano em água fria epressione-o sobre a área para reduzir a dor e o inchaço.

Reação alérgica: em casos raros, o bebé poderá ser alérgico à picada da abelha, o que é muito perigoso. Os sintomas desta alergia incluem: erupções cutâneas em várias partes do corpo, falta de ar, inchaço da língua, das mãos ou do rosto, fraqueza e inconsciência. Ligue para o112 imediatamente.

Repelente de insetos: os repelentes de insetos que mencionam no rótulo «para toda a família» geralmente podem ser usados em crianças com mais de 2 meses. Fale com o pediatra antes de usar repelente de insetos no bebé.

Os bebés podem ter alergias sazonais, como a febre dos fenos?

Este é um assunto com o qual provavelmente não terá de se preocupar ainda. É raro que os bebés pequenos sofram de alergias sazonais, pela simples razão que ainda não viveram o suficiente. Mas quando a criança tiver cerca de 3 anos, as alergias sazonais podem surgir; o pediatra pode orientá-la sobre o tratamento.

Inicio